O que é RGI? Saiba tudo sobre o Registro Geral de Imóveis

O que é RGI

Descubra o que é RGI e sua importância no mercado imobiliário. Garanta segurança nas transações com nosso guia completo de compra de imóveis.

O mercado imobiliário é marcado por diversos trâmites legais que asseguram a proteção dos direitos dos envolvidos em transações imobiliárias. Nesse cenário, o Registro Geral de Imóveis (RGI) se destaca como um pilar fundamental. Mas afinal, o que é RGI?

O que é RGI
O que é RGI

É por meio desse instrumento que se forja a garantia dos direitos dos compradores e vendedores em transações imobiliárias. Ao desempenhar um papel central na segurança jurídica, o RGI se configura como um componente vital para o sucesso e a confiança no universo imobiliário.

Este artigo explora a importância do Registro Geral de Imóveis, destacando como ele impacta compradores, vendedores e investidores, desempenhando um papel crucial na segurança jurídica dessas transações. Confira! 

Afinal, o que é RGI?

Afinal, o que é RGI?
Afinal, o que é RGI?

Créditos: Jusbrasil

O Registro Geral de Imóveis, conhecido como RGI, é o documento que oficializa a propriedade de um imóvel. Simplificando, é como se fosse a identidade do imóvel, comprovando de maneira legal e inequívoca quem é o real proprietário. 

Sua função principal é legalizar e proteger os direitos sobre propriedades, fornecendo um respaldo jurídico indispensável para as partes envolvidas nas transações imobiliárias. Assim, entender o que é RGI é adentrar no cerne dessas transações, compreendendo a importância de um registro que vai além do papel.

Diferença entre RGI, Matrícula do Imóvel e Escritura

É crucial entender a diferença entre RGI, Matrícula do Imóvel e escritura, pois cada um desses documentos cumpre uma função específica. 

Enquanto o RGI confere certeza sobre a titularidade, a Matrícula oferece um panorama detalhado da história do imóvel, e a escritura finaliza o processo, legalizando a transferência de posse. 

O que é RGI | Como é feito o Registro Geral de Imóveis?

O que é RGI? Como é feito o Registro Geral de Imóveis?
O que é RGI? Como é feito o Registro Geral de Imóveis?

O processo de registro de um imóvel é uma etapa crucial que requer atenção aos detalhes e a apresentação de documentos específicos. Aqui está um guia detalhado sobre como esse procedimento é conduzido:

Documentação necessária

A realização eficiente do registro de um imóvel demanda a apresentação de uma série de documentos essenciais. Ao reunir toda a documentação necessária, garante-se a conformidade legal e a agilidade do processo.

  • Escritura do imóvel: o documento que formaliza a transação e comprova a transferência de propriedade.
  • Comprovante de quitação de impostos: certificar-se de que todos os impostos relacionados à propriedade estejam quitados.
  • Certidões negativas: documentos que atestam a ausência de pendências judiciais e fiscais relacionadas ao imóvel.
  • Identificação dos proprietários: documentos pessoais dos envolvidos na transação, como RG e CPF.

Órgãos responsáveis pelo RGI

O órgão responsável pelo Registro Geral de Imóveis pode variar de acordo com a região. Porém, geralmente, o registro é realizado no Cartório de Registro de Imóveis local.

O que é RGI | Quanto custa o processo de Registro?

O processo de registro de um imóvel envolve diferentes custos, incluindo despesas burocráticas, tributação e custos cartoriais. É crucial compreender esses elementos para uma preparação financeira adequada. Confira abaixo os principais aspectos a considerar.

Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI)

O ITBI é uma tributação municipal e representa uma parcela significativa dos custos adicionais na compra de um imóvel. Geralmente, varia entre 2% e 4% do preço total do bem, sendo o maior custo adicional a ser considerado.

Escritura

A escritura é um documento legal que formaliza a transação imobiliária. Seus custos estão relacionados à elaboração do documento e podem variar conforme a complexidade da transação.

Desta maneira, é aconselhável consultar um tabelião para obter informações precisas sobre os custos associados à escritura.

Registro Geral de Imóveis (RGI)

O custo do RGI varia de acordo com o estado onde a propriedade está localizada. Em geral, o RGI costuma ficar abaixo de 1% do valor total do imóvel.

Ao considerar todos esses elementos, a estimativa total dos custos burocráticos, tributários e cartoriais geralmente gira em torno de 5% do preço total do imóvel. É fundamental pesquisar e obter informações específicas para o local em questão, garantindo uma compreensão precisa e abrangente dos custos envolvidos no processo de registro do imóvel.

O que é RGI: o pilar da segurança nas transações imobiliárias

Young attractive business colleagues standing with envelope letter while happily looking at each other in modern office

Em resumo, o RGI, ao atestar a propriedade de um imóvel, não apenas fornece uma identidade legal, mas também se posiciona como a garantia tangível da legitimidade dessas transações.

Para um guia completo sobre o mercado imobiliário e dicas valiosas para a compra de imóveis, acesse o nosso Guia Completo para Compra de Imóveis. Faça escolhas informadas e seguras para o seu investimento imobiliário!

Que tal compartilhar

Facebook
LinkedIn
WhatsApp

Posts Recentes

Em destaque

Studios em SP

Studio, 1 ou 2 dorms / 22 a 107m²​